Ads 468x60px

Ativismo

Ativistas do Greenpeace protestam durante Fórum Econômico Mundial

Eles colocaram faixas e subiram no teto de posto de combustível em Davos.
Manifestantes foram detidos pela polícia da Suíça, nesta sexta (25).

Do Globo Natureza, em São Paulo
Comente agora
Ativistas do Greenpeace colocaram faixas e subiram no telhado de um posto de gasolina em Davos, na Suíça, durante a edição anual do Fórum Econômico Mundial, nesta sexta-feira (25) (Foto: Denis Balibouse/Reuters)Ativistas do Greenpeace colocaram faixas e subiram no teto de um posto de combustível em Davos, na Suíça, durante a edição anual do Fórum Econômico Mundial, nesta sexta-feira (25), informagam agências internacionais (Foto: Denis Balibouse/Reuters)
  •  
Os manifestantes foram detidos pela polícia suíça, após tentarem bloquear um posto de gasolina em Davos durante o Fórum Econômico Mundial (Foto: Denis Balibouse/Reuters)Os manifestantes foram detidos pela polícia suíça nesta sexta-feira (25), após tentarem bloquear o acesso a um posto de gasolina em Davos, durante o Fórum Econômico Mundial (Foto: Denis Balibouse/Reuters)

Ativistas despejam sangue animal em praça durante protesto na França

Manifestação ocorreu em Toulouse, uma das maiores cidades da França.
Eles pediram o fim dos matadouros e da 'escravidão de animais'.


Ativistas derramam sangue animal em praça durante protesto (Foto: Remy Gabalda/AFP)Ativistas derramam sangue de animais em praça na cidade de Toulouse, na França, em 26 de janeiro de 2013, em protesto pelo fim da 'escravidão de animais' e dos matadouros. (Foto: Remy Gabalda/AFP)
Ativistas derramam sangue animal em praça durante protesto (Foto: Remy Gabalda/AFP)Manifestação chamou atenção das pessoas que passavam pelo local. (Foto: Remy Gabalda/AFP)
 
 
 
Anonymous ataca sites do sistema judicial dos Estados Unidos

Grupo protesta contra excesso de rigidez no processo de Aaron Swartz e pede reforma jurídica no país


O grupo hacker Anonymous não engoliu a morte do ativista Aaron Swartz e está disposto a retaliar. Desde sábado, membros da organização estão atacando sites do governo dos Estados Unidos para protestar contra o sistema judiciário do país.

A acusação é de que a justiça americana foi responsável pelo suicídio de Aaron Swartz, uma vez que os promotores haviam sido rígidos demais com o caso. A operação pedindo reforma no sistema judicial recebeu o nome de OpLastResort.

Como protesto, o grupo está desfigurando sites e até mesmo incluindo jogos como o clássico dos arcades Asteroids e animações com o Nyan Cat em sites governamentais, acessíveis por meio de códigos no teclado.

A primeira vítima foi o endereço da Comissão de Penas do país (http://www.ussc.gov), que recebeu tantos acessos que acabou caindo. O grupo também invadiu outro site, desta vez da justiça de Michigan (http://miep.uscourts.gov/), que também não aguentou tantos acessos e caiu.

Fonte:http://olhardigital.uol.com.br/jovem/digital_news/noticias/anonymous-ataca-sites-do-sistema-judicial-dos-estados-unidos



Integrantes do Femen são presas ao protestar contra BBB

Integrantes do Femen são presas ao protestar contra BBB Na noite de terça-feira (8) por voltas das 21h30 sextremistas do movimento Femen Brazil invadiram o shopping Santana Park em São Paulo, onde ficaram os integrantes no programa de televisão Big Brother Brasil em uma casa de vidro.
Segundo integrante do Femen, as três rapidamente foram abordadas por uma grande equipe de segurança, levadas para uma sala escura, onde foram chamadas de “vagabundas”.
A Ativista Sara Winter teve seu rosto e pescoços pisados por um dos seguranças, segundo publicou o movimento no site do Facebook.
Após permanecerem em um módulo de “cárcere privado” por mais ou menos uma hora, a Polícia Militar encaminhou as ativistas para a delegacia, onde foram acusada de Ato Obsceno, foram liberadas depois de quatro horas.
O objetivo do Femen é a luta contra a alienação do povo, segundo os manifestantes.
“Fazer a população brasileira reagir a problemas de extrema relevância, como por exemplo a fome, miséria, a violência, o abuso de autoridade, as guerras, a saúde e educação falidas, o tráfico de pessoas, a exploração sexual, a corrupção, etc”.
A página do Femen no Facebook explica:
“É nossa missão fazer com que o povo acorde e lute pelo que almeja, que reaja a situações como as citadas acima, fazer de nossa cultura menos comodista”.
Ainda de acordo com o Femen, quando programas como Big brother entram no ar, levam a população a uma espécie de transe, e é preciso que ela desperte e lute.
“Nós do Femen Brazil não temos absolutamente nada contra o Big Brother ou Big Brother Brasil, entretanto este protesto se trata de uma tentativa de cobrar dos brasileiros que lutem e se inspirem tanto para resolver outros problemas, da mesma forma que fazem com o programa”.
Femen
O Femen é um movimento que nasceu na Ucrânia em 2008, e hoje já se encontra internacionalizado.
O objetivo do movimento o extermínio de práticas como Turismo sexual, exploração sexual de adultos e crianças, sexismo e todo tipo de patriarcado, segundo explica a página do Femen no Facebook.
“Nós usamos o conceito de Nu Político para lutar, ou seja nossos corpos como armas de combate. Nós não nos despimos para protestar, nós vestimos nosso grito de guerra. Através deste conceito, realizamos performances e protestos pacíficos, principalmente utilizando de nossos seios”.
Ainda segundo o Femen, essa é a maneira de provar aos responsáveis pela indústria do sexo que no mundo existem garotas que usam a nudez para lutar e que jamais serão exploradas.
“Nós controlamos nossa própria nudez e nos apoderamos dela para combatê-los”.
Dentre os principais objetivos da Femen Br é lutar contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, indígenas, combater a violência doméstica e a homofobia.

Fonte:http://www.oajundiai.com.br/pessoas/sociedade/integrantes-do-femen-sao-presas-ao-protestar-contra-bbb



0 comentários:

Postar um comentário